Como é possível gerar interação no Facebook além do curtir?

Essa pergunta que consta no título do post foi feita para um grupo de pessoas no próprio facebook [em que fui marcada] e tomei a liberdade para postar minha resposta aqui no blog também, afinal achei a pergunta muito interessante e agradeço a Anamaria pela oportunidade de discutir sobre o tema… Não que minha opinião sirva para muita coisa, mas achei legal conversar a respeito e colher opiniões diferentes da minha por aqui tb… 🙂 #boralá

face

“Vamos para uma analogia simples… supondo que vc está numa festa, como você consegue engatar uma conversa com alguém ou com uma roda de pessoas além de ser apenas notado que está ali?? Na vida real como fazemos isso? Creio que a primeira pergunta a se fazer é: porque eu quero fazer isso? Porque estar entre aquelas pessoas e conversar com elas é importante para mim? A maioria das empresas/pessoas não sabem responder essa simples pergunta… A questão não é o COMO, mas o PORQUE!!! Se você sabe o porque, vai saber como atrair as pessoas naturalmente pra conversar contigo. Quando você, sendo um indivíduo ou um grupo de pessoas [vulgo empresas tb] possui consciência de quem é, o que faz e porque está onde está, nem precisa fazer esforço para entender como gerar conversas… é uma questão de afinidade… quem estuda sobre redes sociais de verdade sabe bem disso, né Augusto de Franco? Por isso que pra mim, com todo respeito a opiniões contrárias, discutir o como sem o porque é correr atrás do próprio rabo, é ficar criando técnicas para chamar a atenção e correr o risco de ser inconveniente ou até obter resultado de curto prazo, mas depois da festa ninguém lembrar do seu nome… Relações sustentáveis entre pessoas ou grupos de pessoas, na minha humilde opinião já que foi solicitada, só é possível quando não forçamos a barra e isso é fruto da forma como as pessoas estão organizadas na vida, de como agimos com todos… se agimos de forma distribuída e livre ou centralizando a atenção [vulgo carência]. Beijinhos”

Sabores da Rua é a grande vencedora da primeira edição do Fábrica de Startups

todosNeste fim de semana conseguimos realizar mais um sonho graças a Deus que abriu todas as portas e viabilizou todas as nossas atividades! Como disse o Ralph: um sonho que a alguns anos estava guardado na gaveta pois esperávamos por algo que nos ajudasse financeiramente a patrocinar este evento.

Foi quando nos demos conta que… Só precisamos acreditar com fé que já temos tudo que precisamos e trabalhar, trabalhar muito, com muito amor, e foi o que fizemos. E sem nenhum recurso, mas com a cooperação e cocriação de pessoas e empresas maravilhosas que se juntaram a nós e acreditaram que isto seria possível, alcançamos nosso objetivo: transformamos pessoas e suas comunidades através do amor e do empreendedorismo! Também tornamos o mundo do empreendedorismo de alto impacto mais acessível para mulheres, principalmente as mamães.

#Ficaadica para todos os empreendedores que esperam algo para ir em busca do seu sonho… Qual é a formula???  Se é que pode ser chamada de fórmula… como diz o Sr. Raimundo do vídeo abaixo…abandone o tal do idealismo! Pare de pensar em realizar coisas somente quando a situação ideal permitir… saia desta ilusão e comece seu sonho AGORA! A vida é AGORA!!! O cara deste filme que serviu para abrir nosso evento tinha a pior das situações para escrever o livro dele, mas nem por isso desistiu do sonho! Mesmo morando na rua, seguiu com seus poemas e o mundo se abriu com algo muito maior do que ele imaginava! Não só vai publicar o livro, como achou sua família e tocou os corações de milhares de pessoas pelo mundo.

Tomamos emprestado a fala de uma amiga fantástica, a querida Marília Castelo Branco, que traduz o nosso sentimento… “SUCESSO PARA NÓS É AMAR E SER AMADO”… Obrigada, obrigada, muito obrigada!!

Adaptando o release que a nossa querida Luana da LaPresse produziu, tivemos a honra de receber participantes de várias partes do país e América latina que aprenderam, na prática e troca de conhecimento, como validar e escalonar seus negócios. Foram mais de 180 inscrições e 50 selecionadas para esta grande aventura.

A vencedora foi a Sabores da Rua, empresa social que trabalha na mudança da cultura da alimentação de rua por meio de opções de cardápio mais saudáveis e suporte na formação e capacitação dos ambulantes. A equipe é formada pelo time da brasileira criada na Nigéria Gabriela Teles, empreendedora, da paulistana Milena Tobias, comunicadora social, e a colombiana Lucia Carcedo Soares, cineasta.

“Foi a oportunidade de testar minha ideia com um time formado por pessoas de conhecimentos específicos complementares. Essa troca abriu a minha mente sobre possibilidades de aplicação do negócio para adequá-lo a um MVP”, explica Gabriela Teles, idealizadora do projeto.

E para todos, o fato delas ganharem foi a oportunidade de sentirmos de fato o que Jesus disse lá atrás – “os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão os últimos.” (Mt, 20, 16a). Ninguém acreditava que elas teriam chances de estarem entre as primeiras colocadas e se surpreenderam com a superação do grupo! Tanto que a seleção foi baseada nos votos das juradas e no voto popular!

Em segundo lugar ficou o Corrente da Beleza, delivery de manicures para empresas em São Paulo, seguido por Reuse, plataforma de compra, troca, doação e upcycling de móveis e bens duráveis.

O Fábrica de Startups é um evento que trabalha além do lado técnico, principalmente o lado comportamental do empreendedor, porque mulheres e mães são multitarefas e com isso, têm dificuldade em dar foco e prioridade em seus negócios. Por isso as vencedoras se superaram em todos os sentidos!

Programação de Sábado – A abertura das atividades ficou a cargo de Marília Castelo Branco, que contou como o amor por seu filho, que “virou estrelinha” com 1 ano e meio, portador de Síndrome de Edwards, a levou a mudar a qualidade de vida dos familiares de crianças com doenças raras através da Síndrome do Amor (http://sindromedoamor.com.br/). A iniciativa apóia 640 famílias espalhadas pelo Brasil e em mais cinco países.

Em seguida os participantes apresentaram 26 ideias a voto popular, das quais cinco foram trabalhadas no decorrer do dia. As ideias foram nas áreas de beleza, sustentabilidade e formação empreendedora. “A minha energia somada ao conhecimento que adquiri hoje serão ferramentas essenciais para executar minhas ideias de negócios. E levo como lema que o insight inicial sempre pode ser modificado, para melhor”, explica Milena Tobias que participa pela primeira vez de um evento de empreendedorismo.

Na parte da tarde foram realizadas palestras sobre liderança empreendedora feminina com Eduardo Matsushita, da C&O Infinitas; planejamento estratégico para startups, com Geovana Donella, sócia da Donella & Partners; Coaching e Networking com a coach Juliana Graff; leis digitais e sua aplicabilidade para negócios com Vitor Auilo Haikal, sócio do escritório Patricia Peck Pinheiro Advogados; e marketing digital com Luciana Caletti, LoveMondays.

À noite foi a vez das equipes apresentarem seus negócios e receberem mentorias de Silvia Bassi, CEO do IDG Now, Eduardo Matsushita, fundador da C&O Infinitas, Luana Weitzel, fundadora da LaPresse Comunicação, Camila Stefanelli Meireles, gerente de responsabilidade social da Anhanguera Educacional, Ariane Nathaly, desenvolvedora de games, entre outros.

A sessão de bate-papo foi encerrada com palestra de Márcia Jordão e seu marido Giuliano Felix Bueno, que contaram como transformaram as limitações de suas necessidades especiais  – ela cadeirante e ele com dificuldades de visão – através da arte a valorização, autoestima e inserção de outros portadores na sociedade.

Programação de Domingo – Após uma noite virada na formatação de seus negócios, as empreendedoras começaram a manhã com uma sessão de relaxamento com a Malu Costa Bellodi, coordenadora do grupo de exercícios em análises bioenergéticas no IABSP. Depois voltaram para a validação e finalização de suas startups.

No segundo dia, a mulherada contou com a mentoria de Camila Achutti, do mulheresnacomputacao.com, Stéfani Paranhos, Wonderbox Brasil, Eduardo Matsushita, da C&O Infinitas, Ariane Nathaly, desenvolvedora de games, e Paola Tucunduva, Programa Alma do Negócio.

No início da tarde apresentei o conceito Elevator Pitch, que compreende em técnicas de apresentar sua empresa para um investidor ou parceiro estratégico. Logo após a mulherada retomou as atividades finais, culminando com a apresentação de ideias, às 18h, para os jurados Fabiany Lima, da TimoKids, Liliane Ferrari, consultora de mídias digitais, e Halles Carolina Castro, diretora do Cap.  

Agradecemos imensamente toda a equipe, os voluntários, parceiros [em especial o Colégio CPV], mentores e jurados por todo o carinho e dedicação destinadas a realização deste sonho. Obrigada por permitir que Deus agisse em vocês para formarmos uma corrente do bem! 

#gratidão

Lígia Dutra Zeppelini

”Quem eu sou? O que eu sei fazer? Quem eu conheço? : Effectuation empreendedor”

cafe-com-prosa NOVOSPDia 24/07 estaremos no Pto de Contato com a mulherada do Empreendedorismo Rosa falando sobre a Teoria do Effectuation proposta pela Professora Saras que em 2001 questionou a abordagem vigente daquele empreendedor que planeja tudo antes, identifica a melhor oportunidade de negócio, mede o risco e o retorno detalhadamente. É claro que este empreendedor existe (em número cada vez maior), mas a imensa maioria das pessoas começa um negócio a partir daquilo que ela é, quem ela conhece e o que sabe fazer. Este é a primeira parte do ciclo do Effectuation. Quando escolhe algo que sabe fazer, passa a interagir com pessoas do seu relacionamento.[via Lênia Luz]

Quer saber mais? Venha para o Café com pROSA em São Paulo. Nos vemos lá!

Inscreva-se: https://www.sympla.com.br/2a-edicao-do-cafe-com-prosa—sao-paulo__13621